terça-feira, 13 de abril de 2010

ENTREVISTA




















NOSSO ENTREVISTADO DE HOJE É NÉVENTON VARGAS,
FUNDADOR E SECRETÁRIO DA ASSOCIAÇÃO DE ESTUDOS
E PESQUISAS ESPÍRITAS DE JOÃO PESSOA (ASSEPE)


CARLOS ANTONIO DE BARROS
Especial para o Blog da ANESPB

1 - Com quase seis anos de existência, que avaliação você faz da participação da ASSEPE no movimento espírita paraibano e brasileiro?
Néventon - Penso que sua principal contribuição para o movimento espírita é o incentivo ao livre pensamento, privilegiando sempre o questionamento sério e sem atrelamentos a supostas verdades inquestionáveis. Com tal perfil, temos angariado a simpatia de pessoas ou grupos insatisfeitos com posturas mais conservadoras e dogmáticas, que se avultam nos movimentos tradicionais.

2 - Você acha que o movimento de adesão e a simpatia pela política laica da Confederação Espírita Pan-Americana (CEPA) vem crescendo no Nordeste, à revelia do processo unificador das Federativas Estaduais?
Néventon - Não sendo nosso intento a disputa de poder nem o expansionismo, a adesão é lenta, mas a simpatia é célere e progressiva. A ASSEPE, que é adesa à CEPA, é pluralista desde sua formação, aceitando e, até, incentivando o diálogo, porque acreditamos na UNIÃO entre as diversas formas de ver o Espiritismo, pois, afinal, as divergências são insignificantes diante dos pontos de convergência. Todos concordamos com os princípios fundamentais da Filosofia Espírita.

3 - Os dias do "Espiritismo Cristão" estão contados?
Néventon - Não! Esta resposta categórica é calcada na ideia de que em se admitindo os "dias contados", se admitiria o "fim", a "extinção total". Creio na transformação. Creio no progresso das ideias. Creio na ressignificação e na criação de novas palavras para simbolizar novas ideias.

QUEM É O ENTREVISTADO - Néventon Rodrigues Vargas é engenheiro civil, com licenciatura em Física. É também editor-assistente do boletim informativo "América Espírita", editado pela CEPA. Endereço para contato: neventon@gmail.com.

Nenhum comentário: